#141 – Oferta que me custe algo!

Publicado em 30 de outubro de 2014

Graça e Paz da parte de Deus nosso Pai e de Jesus Cristo nosso Senhor!

 

II Samuel 2

22 Então disse Araúna a Davi: Tome, e ofereça o rei meu senhor o que bem parecer aos seus olhos; eis aí bois para o holocausto, e os trilhos, e o aparelho dos bois para a lenha.
23 Tudo isto deu Araúna ao rei; disse mais Araúna ao rei: O SENHOR teu Deus tome prazer em ti.
24 Porém o rei disse a Araúna: Não, mas por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao SENHOR meu Deus holocaustos que não me custem nada. Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata.
25 E edificou ali Davi ao SENHOR um altar, e ofereceu holocaustos, e ofertas pacíficas. Assim o SENHOR se aplacou para com a terra e cessou aquele castigo de sobre Israel.

 

Amados. Deus cobrou Israel por uma atitude errada de Davi. O líder de Israel desobedecera a Deus e por isso houve peste no arraial dos filhos de Deus. Porém quando aplaca-se a ira de Deus sobre o povo, Davi é orientado a oferecer sacrifícios ao Senhor na eira de um tal Araúna. Este homem ao ver o rei teme e ao saber da intenção de Davi quer dar-lhe de graça a eira para o sacrifício bem como os animais o que manifesta uma pronta recusa do rei e uma afirmação. Que ele não poderia oferecer ao Senhor algo que não lhe custe nada. Era uma oferta de arrependimento, de gratidão. E não poderia ser de graça, deveria custar-lhe algo.

 

Por que nossa atitude é tão diferente atualmente? Estamos sempre querendo levar vantagem sobre Deus… Quero sempre ganhar em minha relação com Deus. Algo que nada me custe, não demande tempo, eu não tenha que sair do meu lugar, minha zona de conforto, claro que ofereço a Deus. Porém quando carece de eu empreender esforço, desembolsar uma quantia, ir contra as minhas convicções pessoais ai já não me interessa!? Por exemplo, é fácil para mim não me prostituir com outro homem, pois nunca fui homossexual (nem nunca tive desejo rs). Isto é fácil oferecer esta fidelidade ao Senhor. Mas e o quão duro era por exemplo resistir a um desejo por uma bebida que me agradava! Aí é onde está o sacrifício. (por favor, não tirem do contexto os exemplos).

 

Deus não espera de nós que vivamos mais no período da lei, com um sem número de cerimoniais, holocaustos, porém nossa fidelidade, nossa entrega é vista mediante a qualidade do que oferecemos a Ele.

 

Se o meu tempo está a disposição dEle. Se meu salário poderia ser tocado. Se minha vida profissional, sentimental, ministerial, social está à sua disposição. Se ao pedir-nos algo estaremos dispostos e abnegados disto para lhe oferecer. Quantos não conseguimos nem ao menos oferecer a Deus mais que as duas horas dominicais de culto (e se o culto atrasar, muitos cobram “hora-extra” de Deus). Ofereça os dias de semana noite também, os sábados quando necessário, o sacrifício do domingo pela manhã, as visitas, os cultos domésticos, evangelismos… O quanto temos a oferecer para Deus, e o tão pouco temos nos disposto. Mas se queremos uma vida diferente, uma marca para realmente agradar a Deus nosso sacrifício tem de demandar esforço, tem de custar mais que o nosso costume, nossa liturgia, nossa ortodoxia!

 

Do marinheiro de primeira viagem

 

 

Soli Deo Gloria!

@sigaomarinhero

 

 

Entre em Contato com Nossa Equipe:

Ouça: PodCast

Siga: http://www.twitter.com/sigaodiario

Comunique: contato@diariodebordo.net.br

Navegue: http://www.diariodebordo.net.br

Curta: http://www.facebook.com/sigaodiario

O Marinheiro
O Marinheiro
Devoto de São Marcos, O Marinheiro de Primeira viagem busca sempre dentro de um tom crítico e contestador encontrar a vontade e a verdade de Deus nas atitudes e palavras, ditas num púlpito ou não. Questionador por natureza sem nenhuma resposta que não as Escrituras que falam por si

PLAYLIST PODCAST

PARTICIPANTE POR EPISÓDIO

CATEGORIAS